top of page

A Preparação Física é Mesmo Importante na Formação do Atleta?


Este artigo tem como objetivo resumir informações sobre os temas mais relevantes nas modalidades de treinamento como forma de melhorar o desempenho físico de jovens jogadores, incluindo jogos em equipe e atividades de treinamento pessoal. Analisamos a relação entre atividade física e atenção, utilizando diversos aspectos humanos que podem afetar o desempenho de um atleta, como parâmetros antropométricos (peso, distribuição de peso, altura), resposta hormonal, nutrição e teorias relacionadas à sua eficiência em diferentes modalidades esportivas.


Jovens jogadores de futebol tendem a se desenvolver mais rápido do que seus pares em tamanho corporal e maturação física na adolescência; no entanto, eles carecem de competências básicas de movimento. A aquisição dessas habilidades motoras é um dos principais objetivos deste estudo.


Uma preparação multidisciplinar de programas no futebol, graças ao treinamento técnico e físico, pode resultar em uma melhora no desempenho e desenvolvimento de habilidades. Além disso, os testes de aptidão física são úteis para monitorar o desenvolvimento do atleta, mas não mostram o desempenho do atleta ao abordar situações de jogo.


Entre os jogadores de qualquer time, é importante ver que cada um se desenvolve e melhora à sua maneira. O programa de treinamento físico pode ter efeitos positivos em vários aspectos, como força muscular, agilidade e velocidade, além de aspectos psicológicos: compartilhamento com os outros, espírito de competição e liderança, por exemplo. Uma boa comunicação entre treinadores, dirigentes e fisiologista é essencial para a preparação de um atleta de sucesso.



Por Lucas Drumond Sinnecker

5 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page